sexta-feira, 15 de março de 2013

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades...

Antigamente as Mães tratavam da casa, dos filhos, cozinhavam.... Os Pais limitavam-se a chegar a casa, dar um beijo na família, jantar e dedicar-se a "programas de homem". Isto, há 50 anos, pois no tempo dos nossos Pais já não era assim...



A cara de vergonha deste Pai é qualquer coisa!

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades....
Hoje em dia a maioria das mulheres trabalha fora de casa tanto como os homens, o que significa que em casa as tarefas também têm que ser divididas, sob pena de as mulheres terem um esgotamento físico e cerebral....
Lá em casa vive um pai galinha, que também é fada do lar. Não pedi nada, mas saiu-me na rifa um arrumadinho, que muitas vezes até tem mais a mania das limpezas do que eu. Sabem quando as mulheres se queixam que os maridos não sabem onde é o cesto da roupa suja? Pois bem, o meu até sabe onde está o limpa vidros...melhor do que eu!
Limpezas à parte, o que interessa é que a maioria dos Pais hoje em dia sabem tratar dos filhos tão bem quanto as Mães. É claro que podem não saber conjugar as toilettes, ou lavar tão bem os dentes, mas sabem o indispensável e até um bocadinho mais.
Com o dia do Pai a aproximar-se, é mais que evidente que todos se babam com um presente dos filhos ou melhor, feito por estes. Os meus ainda são muito pequeninos para se lembrarem sozinhos do dia do Pai, por isso a Mãe ainda tem que entrar em acção. Aliás, lá em casa, o dia do Pai acaba por se festejar em dois dias seguidos, já que no dia seguinte o Pai faz mesmo anos!
Este ano a professora do S. sugeriu-me um presente ao qual fiquei rendida. Um livro infantil escrito por um super Pai, como o de lá de casa, e que mostra precisamente aquilo que eu acabo de dizer, contado às crianças. O Pai Galinha e o seu pintainho retrata o dia-a-dia de um Pai com coração de Mãe. Para além da história infantil que é maravilhosa, as ilustrações são fantásticas e prendem qualquer criança. Este é o livro que eu gostaria que o S. Pai lesse aos nossos filhos, e por isso vai ser este o presente do dia do Pai (S. Pai, por favor não leias este post...pelo menos até ao dia 19!).
 
 
 
Fica a sugestão para o dia do Pai! Sempre com muito mimo, amor, festinhas e beijinhos à mistura, claro! Qual é o Pai que não se derrete? O meu Pai já recebe dois presentes, e o meu Avô três!
Lembro-me como se fosse hoje dos presentes made by me que dava ao meu Pai em pequenina, que ainda hoje os guarda no escritório como se de fortunas se tratassem. E agora que sou Mãe é que percebo o valor que tem um desenho, uma colagem, um poema, o que for, desde que seja feito pelo nosso filho a pensar em nós. Por isso (este post é para as Mães), não se esqueçam que Pais não são só os dos nossos filhos...mimem os vossos como se fossem pequeninas...afinal não seríamos as mesmas pessoas sem eles!
O meu Pai esteve comigo nas alturas mais importantes da minha vida: na entrada no liceu, na minha formatura, no dia em que fui viver para fora, no meu casamento, no dia do nascimento dos meus filhos, o meu Pai esteve sempre lá...e isso nunca me vou esquecer! Até quando tinha 15/16 anos e as minhas amigas vinham ter comigo, numa festa pela noite dentro, a dizer que o meu Pai estava lá fora à minha espera...nunca senti vergonha, mas orgulho por ter um Pai sempre do meu lado e ao pé de mim, caso viesse a precisar de alguma coisa. Desculpe Pai, mas vou ter que transcrever aquilo que um dia me escreveu: "tento ser a tua luz desde que te vi...luz que ilumina, não sendo só de presença nem de encadear, luz que aponta e traça o caminho no regresso a um porto seguro...luz que faz questão de se apagar quando não é necessária, mas que surge à mínima névoa". Há melhor explicação para o papel de Pai?
Obrigada ao meu Pai e ao Pai dos meus filhos por terem coração de Mãe.
Não podia ter tido mais sorte com os Pais da minha vida!
 
 

4 comentários:

  1. também tenho a sorte de ter dado aos meus filhos um pai maravilhoso...;)

    ResponderEliminar
  2. Lindo este post...Revi-me e revi o meu Pai, que tanto adoro e admiro...um orgulho e um carinho incondicional...Bom dia do Pai aí em casa e para todos os Pais

    ResponderEliminar
  3. Que bom tia Cocas, muito obrigada! Um grande beijinho para todos aí em casa <3 <3

    ResponderEliminar