segunda-feira, 25 de maio de 2015

Caos organizado

Dias loucos, noites agitadas... Entre os miúdos que precisam cada vez mais da minha atenção, a casa que parece que está em constante desarrumação, o escritório, o showroom, o blog, ufa... E tempo para mim? Para pôr a leitura em dia, para dormir (sim, queria tanto dormir mais!), para poder ir à ginástica, para uma simples ida ao cabeleireiro? É difícil conciliar tudo, agradar a gregos e a troianos,... querer ter tudo bem feito, e para ontem. Mas sabem que mais? Sou feliz assim, mesmo com esta adrenalina de um dia-a-dia sem um minuto para descansar. Gosto de viver com planos, metas, horários e objectivos. Gosto de saborear as minhas conquistas, e até de aprender com as derrotas. Gosto de me sentir realizada a todos os níveis, e ainda ter saúde para dar e vender, com um bebé dentro de mim que não pára de crescer. Porque no meio de toda esta (aparente) confusão, consegui construir uma família linda, que me dá um enorme orgulho, e que me enche todos os dias de gratidão. É por isso que continuo a lutar por este amor, tentando sempre fazer (por eles) cada vez mais e melhor. Porque mesmo que muitas vezes tudo pareça o caos, a Mãe Natureza e o milagre da vida encarregam-se de nos mostrar o quão abençoadas somos, Mães que tudo fazem, no matter what!!
 
 

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Um sonho real

Sabem quando sonhamos com alguma coisa boa, mas ao acordar ficamos tristes porque achamos que nunca vai acontecer? Pois é...nem nos meus sonhos eu alguma vez imaginei que um dia ia conseguir juntar pessoas tão talentosas para criar um projecto tão fantástico. O resultado está à vista, e eu não caibo em mim de orgulho!
Espreitem aqui o lookbook mais giro de sempre, feito com todo o amor, dedicação e paixão, pelas mãos de uma equipa de perdição. A equipa do showroom mais giro da cidade, que se entrega até à lua, para toda a eternidade! Espreitem ali, vale mesmo a pena! Para quem quer espreitar só daqui a um bocadinho, então fiquem com uma pequena, pequenina amostra de todo este amor à camisola, que é tanto, tanto, tanto!!! Quem corre por gosto não cansa, mas quem corre por adoração não descansa!!!
 

As fotografias do lookbook ficaram absolutamente espantosas, sob a lente da dupla imbatível Elisabete Family Photo e Mary Poppins Childcare! Com miúdos irrequietos e falta de tempo, fizeram um trabalho invejável...parabéns!



 
E são tão especiais as almas a quem me sinto grata por estarem sempre lá (Mãe!), prontas para me ajudar quando eu não estou, não posso, não consigo. Tão genuínas e altruístas as pessoas que não me deixam falhar nem por um segundo! Tão generosas as que fazem feliz este meu mundo...querem saber quem? Então vão lá espreitar o lookbook, Maisenas, criado e pensado pela melhor designer da Via Láctea! Não querem voltar com o rato lá para cima? Então cliquem aqui!!
A todas as marcas que participaram e acreditaram no sucesso deste projecto, mil obrigadas!!

terça-feira, 19 de maio de 2015

Os rapazes são mais das Mães...

...Deixem-me rir!
Aqui em casa é tudo ao contrário. Adoro quando as pessoas me dizem: "Três rapazes?! Deixa lá, são muito mais Mãe!". Not!
Os meus filhos vibram com o Pai, com os programas que o Pai faz, com as asneiras que o Pai diz, e até com as coisas que o Pai ensina. Quando é a Mãe que os vai buscar ao fim do dia (normalmente é sempre o Pai), encolhem os ombros e reviram os olhos...(às vezes até fazem de propósito só para chatear!!). É claro que eu levo tudo a brincar. Até porque é a Mãe que faz a maior parte da rotina, deixando mais para o Pai tudo o que é brincadeira. A hora dos banhos, do jantar, do lavar os dentes e do deitar é mais comigo. As torres de legos, as pistas de comboios, os disparates e pandemónios é mais com o Pai. Sim, eu também brinco, e muito, com os miúdos, mas inevitavelmente o Pai tem mais jeito para algumas coisas típicas de rapazes que eu não engreno tão bem. E até nem me importo! É quando tenho algum tempo para mim....
Agora, que não me sirva de consolação o velho ditado de que "os rapazes são mais das Mães!" Adoro os meus boys, estou radiante com a chegada de mais um, mas tenho a certeza que o Zé Maria  não vai ser diferente dos manos, e também vai ser mais Pai. Vejam o lado positivo, Mães de rapazes: quando forem todos ao futebol, sempre temos tempo para nos mimarmos!
Claro está que também há excepções, e quando acordam com um pesadelo, quando se magoam, ou quando estão mais ansiosos, é a Mãe que chamam, e que vai logo a correr, enchendo-os de miminhos, beijinhos e xi-corações. Mas mal lhes passa o mimo, vão logo para o Pai, aos tropeções. É a lei da vida, e eu, confesso, adoro a minha assim, tal como está. Sim, não me importo que sejam mais Pai, e que corram para ele como se fosse o último rajá.
 
Deixem-me aproveitar enquanto o Pai não está!!

Fatos de banho Pendant, disponíveis no Maisena, claro!

 

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Gambuzinos e mimosas

Enquanto o bom tempo não chega definitivamente a estes lados (sim, nos dois fins-de-semana dos feriados quase que diria que estávamos no Natal), há-que aproveitar cada réstia de sol para sair à rua. Respirar ar puro, nem que seja aquele cheiro maravilhoso da terra molhada. Este domingo não foi excepção. Uma tarde quente, ainda com um sol tímido mas que trouxe umas cores lindas! E lá fomos nós, à procura de gambuzinos e mimosas, pelo meio das paisagens verdes e airosas. Um fim de tarde perfeito, em que os miúdos entraram mesmo no espírito!
Até já conseguimos pôr os pés ao léu, com os nossos sapatos preferidos. Pois é, para boys or girls, para mim nada ultrapassa a pinta de umas menorquinas espanholas, bem típicas. Lá em casa todos os anos temos um par para cada um em azul marinho, mas quando eles eram mais pequeninos também não resistia às brancas. Leves, laváveis, práticas, portáteis...e o melhor de tudo: o preço! Agora perguntam aí em casa? São de onde? Da PISAMONAS, pois claro! Conhecem melhor e mais gira? O melhor de Espanha em Portugal. Porque não há outra igual.
 













Mochila Vintage Affair, disponível no showroom mais giro da cidade!







Para o campo ou para a cidade, para uma festa ou para o dia-a-dia, são sem dúvida a minha eleição.
E por aí, Maisenas, já experimentaram aventurar-se à caça dos gambuzinos e à apanha das mimosas?
Se quiserem também aventurar-se no maravilhoso mundo Pisamonas, espreitem a nova colecção Primavera-Verão. É que não só de menorquinas fala esta marca fresca, leve e colorida!

video

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Estou aqui, sim!

Pois...o sono tomou conta de mim. Das minhas noites de blog, de escrita, de leitura. Chegada a esta hora, a almofada ganha ao computador. E a inspiração adormece comigo. Se vai ser assim até ao fim da gravidez? Talvez. Mas sei que me perdoam, porque quem já foi Mãe percebe que é difícil manter o mesmo ritmo com esta barrigona. Dormir pouco e estar no dia seguinte de boa cara? Só mesmo nos filmes cor-de-rosa. Acordar e sair de casa em cinco minutos? Deixem-me rir... já nem sequer vejo os pés, e perdi a genica de antes. Mas é por uma boa causa: Zé Maria, aí vem ele! E faltam pouco mais de 2 meses...acreditam? Eu não...Depois vou ter muito tempo para voltar a ter imaginação, e saudades desta barriga que amo de paixão. Por isso não estranhem se estiver uns dias sem dar notícias, é porque estou a preparar o ninho psicológico para receber este meu filho!
Entretanto, e antes de me voltar a perder no vale dos lençóis, não resisto em mostrar-vos um pouco do que foi uma manhã qualquer do nosso último fim-de-semana. Uma manhã que tinha tudo para ser cinzentona, a condizer com o tempo que se fazia lá fora (sim, o calor e o bom tempo queriam ter apanhado um avião da TAP para chegar ao Norte, mas parece que ficaram pelo caminho), e que acabou por ser diferente, didáctica e do outro mundo. Do mundo das sereias a entoar, das tartarugas gigantes e das estrelas do mar, dos cavalos marinhos e dos tubarões aliciantes. O nosso Pote de Mel ao princípio estava aterrado, mas depois engrenou no esquema e acabou por sair de lá tão entusiasmado! O Titão já sabe distinguir as espécies, os habitats, as cores. E perdeu-se de amores. Todos os dias pergunta quando é que voltamos ao Sea Life. Uma dica Maisena para uma manhã em família mais do que original. Fomos tão bem recebidos, andamos tão entretidos! Um programa precioso, para mais tarde recordar. Para quem ainda não conhece...não percam, Maisenas! 
 






 
 
E neste momento vou-me começar a dirigir para a cama, ao passo da Marisa, a tartaruga gigante do Sea Life Porto. Bem...talvez a Marisa chegasse mais rápido...

domingo, 3 de maio de 2015

MUM

O melhor presente que podemos dar às nossas Mães não tem que ser material. Este ano a minha não está cá, e fez-me falta. Porque basta um beijinho, uma flor, um recado, um miminho para fazermos a diferença. Foi isso mesmo que eu pedi aos meus. Basta isso para fazerem o meu dia.
O melhor elogio que podemos fazer às nossas Mães não tem de ser só cliché. Não tem de ser dito só porque sim, porque a nossa realmente é a Melhor Mãe do Mundo! Para mim, é tudo muito simples. Tenho a sorte de poder dizer que o meu desejo como Mãe é poder um dia representar para os meus filhos aquilo que a minha Mãe representa para mim. A minha melhor amiga e confidente, o meu amparo, estando sempre lá para não me deixar cair, e para me ajudar a levantar quando já estou a desistir. Se não fosse a minha Mãe, não seria a pessoa íntegra e completa que sou hoje. Os meus filhos não seriam as crianças felizes e seguras que são. A minha vida seria uma enorme confusão. Porque a minha Mãe está sempre lá quando preciso, com um valente sorriso e sem nunca pedir nada em troca. O que me deixa sentindo uma ainda maior gratidão. Gratidão por todos os dias ir buscar e levar os meus filhos ao colégio, faça chuva ou faça sol. Por todos os dias lhes dar de almoçar e jantar, sem nunca se queixar. Por todos os dias ensinar-lhes as cores, as letras, os números, e rodeá-los de 1001 amores. Por todos os dias ter paciência de santa, coragem de leoa, e nunca ficar à toa. Por estar a educar os netos tal e qual fez com os filhos. O trabalho mais difícil mas mais recompensador do mundo. Gostava - gostava não -, adorava poder desempenhar o mesmo papel com os meus filhos e, melhor, poder chegar à idade da minha Mãe tendo tempo, disponibilidade e, o mais importante, uma enorme vontade de voltar a fazer tudo o mesmo com os meus netos.
Daí que não há melhor elogio nem presente que possamos dar às nossas Mães, do que ansiar um dia ser como elas. Obrigada, querida Mãe! 
 
É isto mesmo que a minha Mãe significa para mim e que gostaria também de representar para os meus filhos!

Porque ser Mãe é amparar-lhes o baloiço da vida, e deixá-los seguir, felizes, estando sempre por perto, assegurando que o caminho é o certo!