segunda-feira, 8 de abril de 2013

Mulheres com Norte - I

Pois é, a convidada da 1.ª rúbrica Maisena é nada mais nada menos do que a queridíssima Catarina da Little Angels.
Comecei por reparar nas peças amorosas e de um bom gosto incomparável da LA. O que se passou a seguir nem eu sei muito bem explicar....lembro-me de estar a falar com a Catarina, por email, acerca das minhas encomendas fantásticas para os kits de Natal dos meus filhos e...de repente já estávamos a conversar acerca das nossas vidas e de tudo e mais alguma coisa. É certo que somos as duas óptimas faladoras, mas a verdade é que a empatia foi imediata. A seguir à minha Mãe, a Catarina foi a minha grande apoiante neste meu projecto, muito antes de o Maisena existir. Deu-me força e coragem para arriscar e....aqui estou eu!
A Catarina é uma mulher forte, cheia de talento e determinação, não olhou para trás e nunca se arrependeu das escolhas que fez na vida. É uma Mãe de três filhos que mais parecem de catálogo, e construiu uma família encantadora. Encara a Little Angels como um filho, por isso imaginem só o amor que tem para dar.
 
Estas são as palavras da Catarina, que desde logo se prontificou para responder às minhas questões, e quem sabe inspirar outras Mães/Mulheres que queiram arriscar, mas que lhe falte "um bocadinho assim"!
 

1 - Quem é a cara que está por detrás deste projecto de sucesso?

Uma mãe de 3 crianças, o Manuel Maria de 9 anos, o António Maria de 6 anos e a Maria Caetana de 18 meses.

 

2 - Como era a sua vida antes da LA?

Eu formei-me em direito pela UCP e trabalhei durante 5 anos como advogada, depois parei de trabalhar durante alguns anos e dediquei-me 100% aos meus filhos mais velhos, ou seja, profissão “mãe a tempo inteiro” foi a que desenvolvi durante os últimos 6 anos antes da LA, durante estes anos também fiz trabalho voluntariado na escola que os meus filhos frequentavam.

 

3 - Como é que tudo começou?

Durante a gravidez da Caetana fui, aliás como tinha feito nas outras gravidezes, comprar cambraias e piquets, fitas e gregas, bordado inglês e tecidos às florinhas (que aliás eu adoro!) para fazer o enxoval para a bebé, onde não faltaram a capa querida para o ovo do carro, os lençóis bordados, os cestinhos com bordado inglês para os produtos de higiene e claro as primeiras roupinhas! As coisas ficaram amorosas tal como eu as tinha idealizado e incentivada pela família decidi lançar-me neste projeto. É um projeto que trato com muito amor, como se deve tratar um filho, confesso aliás que era um sonho já antigo, mas que por uma razão ou por outra tive que adiar.

 

4 - Sente que deixou algo para trás?

Não, nada que não quisesse ter deixado! Estava decidido que não pretendia voltar à advocacia. Abracei este projecto com muito empenho e muito amor. Adoro aquilo que faço. Dá-me imenso prazer escolher os tecidos e as fitas e os bordados e criar os diversos modelos para depois ver o resultado final. Sou muito feliz com o faço e sinto-me muito realizada, contribuindo fortemente para isso o feedback positivo que as seguidoras da Little Angels me têm feito chegar. Penso que esta é a prova de que na vida podemos fazer muitas coisas diferentes, desenvolver-nos em diferentes áreas profissionais e em diferentes projectos e realizarmo-nos em cada uma delas.

 

5 - Como é que consegue conciliar a vida pessoal com a vida profissional?

Nem sempre é fácil conciliar a vida profissional com a maternidade e a família, eu tenho conseguido conciliar tudo com algum sacrifício e cansaço, mas tem corrido bem. Optei por trabalhar por conta própria, o que me permite gerir melhor o meu tempo e ter os meus filhos comigo quando eles precisam de mim. Posso levar e buscar os rapazes à escola, acompanhá-los nos trabalhos de casa e no estudo para os testes e observá-los nas actividades extra-curriculares. A bebé tem estado comigo desde que nasceu e vai comigo para todo o lado, acompanha-me desde o 1.º dia em todos os passos deste negócio que nasceu também muito com ela. Confesso que tendo o meu marido a trabalhar fora do país as coisas nem sempre são fáceis e há períodos em que o cansaço é muito… Tem-me valido o apoio incondicional e precioso dos meus pais que têm estado sempre disponíveis para me apoiar a mim e aos netos. À noite caio redonda na cama já bastante tarde, depois de dar reposta a mensagens e comentários que surgem depois das 21:00h na página de facebook. Gosto de responder logo às pessoas, sei que ninguém gosta de ficar muito tempo à espera.

 

6 - Onde é que vai buscar as suas fontes de inspiração?

Inspiro-me muitos nos meus Little Angels e em tantos outros que conheço e com quem me cruzo. Também me inspiro muito nas minhas memórias de infância e naquilo que eu mais gostava e apreciava quando era pequena, as cores suaves, as flores, os passarinhos e moranguinhos, o romantismo, os bordados e rendas e nas coisas que se usavam antigamente. Gosto muito de tudo aquilo que me sugere os bebés e as crianças de outros tempos…

 

7 - Qual o seu conselho para as mulheres/mães de hoje em dia?

As mulheres de hoje em dia têm que ser de facto mulheres de armas, fortes, estruturadas e persistentes. Não é fácil nos dias que correm conciliarem as suas vidas profissionais, o apoio aos filhos e maridos e as obrigações domésticas. Acaba por sobrar pouco tempo para elas próprias, para os seus hobbies e prazeres pessoais. Sinto que vivemos uma época em que os dias precisavam de ter mais horas, pelo menos mais umas 8 horas diárias....Assim, o conselho que aqui deixo é que apesar de tudo não devem desistir dos seus sonhos pessoais, daqueles que seriam excelentes opções para elas e para as suas famílias. Mesmo em condições por vezes difíceis, sonhar faz parte da vida e a persistência leva-nos muitas vezes à realização dos nossos sonhos.

 

 

8 - Consegue definir a Little Angels numa expressão? Se sim, porque é que escolheu essa expressão?

“Vestir as crianças como crianças”!

Usar e abusar dos vestidinhos, camisinhas com golas para meninas e meninos, calções mimosos, conjuntos a combinar, laços e laçarotes e mais fitas e bordado e pormenores mesmo queridos e amorosos… “Aprincesar e Abonecar” as meninas e os meninos até não poder mais, porque o tempo passa muito rápido e os nossos Little Angels, têm depois a vida toda para serem fashion e cool, rapazes com pinta e miúdas giraças… Sinceramente, acho que as gangas, as leggings e as túnicas não fazem falta nenhuma neste mundo dos pequeninos, até porque, na maioria das vezes, não são mais práticos nem confortáveis.

 

9 - Onde é que se vê daqui a 10 anos?

Muito francamente não faço planos para daqui a 10 anos, nem penso muito nisso. Preocupo-me muito mais com o presente e com o futuro próximo, com o ir vivendo da melhor maneira possível cada dia, penso que isso irá então definir a maneira como vou estar daqui a 10 anos. A vida ensinou-me que o melhor é vivermos hoje o melhor possível para garantirmos o melhor possível para o amanhã.

 

10 - E agora a derradeira pergunta: O que é que mais gosta de fazer na vida?

Passar todos os segundos, minutos e horas possíveis com os meus filhos, com o meu marido, com a minha família e com os amigos próximos que para mim são como família!

Sem dúvida que é com os meus filhos que tenho passado os melhores momentos da minha vida, os momentos mais doces e que mais me deixam feliz!

Sei que é muito trivial dizer isto, mas sinto-me mais completa desde que sou mãe.

 

 

Obrigada Francisca por me ter convidado para a sua 1.ª rúbrica das “Mulheres com Norte”.

Um grande beijinho e muito sucesso para o Maisena que é um blog que adoro seguir diariamente de uma Mãe e Mulher não só do Norte mas também com Norte!

 
Obrigada eu Catarina, foi uma honra e um prazer! E parabéns por ter conseguido vencer na vida! É uma inspiração para todas nós!

6 comentários:

  1. que amor! adorei!!! e a catarina é uma querida, super companheira de mercadinhos! ;)

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Parabéns pelo blog e pela iniciativa na divulgação dos trabalhos de tantas pessoas talentosas :)
    Beijinhos e tudo de bom :)

    ResponderEliminar
  3. Também adoro a Catarina e a Little Angels! Muitos muitos parabéns!

    ResponderEliminar
  4. Adorei a entrevista.E que crianças lindas! Joana

    ResponderEliminar
  5. Eu também adoro a CAtarina e as suas roupas giras :)Uma mulher com M. grande ...gira e com uns filhos que são as brasas...~

    Bjs às duas

    ResponderEliminar