quinta-feira, 21 de março de 2013

Mais um dia de festa!

Ontem já tivemos um cheirinho de primavera! Até parece mentira... Mas foi encomendado para os anos do S. Pai. Ainda conseguimos almoçar na esplanada do Fooding House e pedir a melhor sobremesa do mundo: bolo tépido de caramelo com goiaba. De chorar por mais!
O S. estava num excitamento porque achava que os grandes não tinham direito a festa;Quando soube que ia haver outra lá em casa não quis saber de mais nada a não ser da festa do Pai:
- "Onde estão os balões Mãe? Os rebuçados e os presentes?"
Quando lhe expliquei que nas festas de adultos não havia nada disso, que só havia bolo de anos, teve o jantar todo a perguntar pelos parabéns....afinal, na festa do Pai era só isso que lhe interessava!




O Pai S. ainda no tempo dos balões


Ainda houve tempo para ir ao nosso parquinho preferido, aproveitar o sol e o bom tempo que o S. Pedro deu de presente ao Pai S. Sempre dá para aquecer o corpo e a alma depois de um inverno difícil.






À noite, tivemos a família toda reunida, sem balões e rebuçados mas com quilos de boa-disposição, alto astral e claro, com um manjar dos deuses.
Quem me conhece sabe que eu era boa cozinheira...até me casar. Desde aí nunca mais entrei numa cozinha. O Pai S. é o melhor cozinheiro do mundo, cozinha com paixão e isso nota-se em cada iguaria.
Assim, e depois de vários e inúmeros pedidos (com a devida autorização do Chef, claro), aqui vai uma das receitas do jantar maravilhoso com que fomos ontem brindados.

Eis o segredo da divinal tarte de limão do Pai S.:

300 g de bolacha Maria
200 g de manteiga amolecida
500 ml de natas para bater
1 lata de leite condensado
100 ml de sumo de limão
Raspa de limão

Pique a bolacha num robot de cozinh até ficar muito fina. Junte a manteiga amolecida e amasse até a bolacha ficar toda ligada. Forre uma forma de tarte de 22 cm e reserve.
Bata as natas bem frescas até ficarem firmes. Junte o leite condensado. Envolva. Acrescente o sumo de limão e envolva novamente. Coloque a forma e leve ao forno a 180C por 8 min
Deixe arrefecer e meta no frigorifico por 12 horas. Sirva em frio.

Deliciem-se!!!


Parabéns ao melhor pai e cozinheiro do mundo!!!!

2 comentários:

  1. Da próxima quero experimentar ;)...parabéns pai S ;)

    ResponderEliminar
  2. Parabens.
    Vou guardar a receita da tarte que parece ser deliciosa...

    ResponderEliminar